O que é Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais?

A Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais (OPNE) é uma especialidade odontológica reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia. Ela compreende o atendimento a todo paciente que apresente uma ou mais limitações.

Essas limitações podem ser temporárias ou permanentes, com origem mental, física, sensorial e emocional. Podem ser adquiridas ou genéticas. Ou seja, qualquer alteração que impossibilite o indivíduo a ser submetido à procedimentos odontológicos convencionais.

Quem são pacientes com necessidades especiais em Odontologia?

São considerados pacientes especiais em Odontologia aquelas pessoas que tem alguma doença ou situação clínica que necessitem um atendimento odontológico diferenciado.

Quando pensamos em pacientes especiais, rapidamente nos lembramos de pessoas com deficiência, sejam elas físicas ou neurológicas e também em pacientes diagnosticados com Síndrome de Down. E está certo! Essas pessoas são pacientes que precisam de um cuidado odontológico diferenciado. Porém, pacientes especiais em Odontologia vai além disso.

Entram nesse grupo pacientes diagnosticados com algo permanente, que necessita de cuidado e tratamento, porém, não pode ser mudado. Como por exemplo, pessoas com deficiências físicas, indivíduos com dificuldades cognitivas, pacientes diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista (TEA), pacientes esquizofrênicos, com síndromes, paralisia cerebral e outras doenças neurológicas. Também são incluídos no grupo de Pacientes Especiais àqueles que adquiriram, ao longo de suas vidas, uma doença sem cura, como pessoas vivendo com HIV ou diagnosticadas com Hepatites.

Pessoas que realizaram transplante de órgãos também precisam de cuidados especiais e de um dentista capacitado na área.

Além disso, um paciente pode precisar de atendimento odontológico especial e diferenciado por um período. Como, por exemplo, quando está realizando tratamento para alguma doença, que é o caso dos pacientes oncológicos, com Leucemias e outras doenças de sangue.

A pessoa diagnosticada com doenças sistêmicas comuns à população geral também podem ser consideradas pacientes com necessidades especiais. Pois, dependendo do quadro da doença, dos tratamentos realizados, e das manifestações, podem também precisar de um atendimento odontológico especializado. Entram nesse grupo: pacientes cardiopatas, que já sofreram infartos ou AVC, diabéticos, com doença renal, com doença autoimunes, dentre outras.

Ou seja, todo o paciente que precisa de uma atenção especial à sua saúde bucal, preservando sua saúde geral, levando sem consideração as suas necessidades e limitações.

Existe diferença no atendimento à pacientes especiais?

O Cirurgião-Dentista capacitado em Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais está apto a prestar uma odontologia de alta qualidade cercada dos cuidados necessários à cada situação específica seja em âmbito ambulatorial, domiciliar ou hospitalar.

Um paciente que necessita de cuidados especiais em Odontologia e que se encaixa no grupo que comentamos acima, normalmente, utiliza medicamentos para o tratamento de suas alterações ocasionadas pela doença. Esses medicamentos devem ser conhecidos pelo Cirurgião-Dentista, pois alguns deles podem influenciar no atendimento odontológico.

Por exemplo, um paciente que faz tratamento para doenças cardíacas pode utilizar medicamentos que aumentam o risco de sangramento, e esse fato é importe caso uma extração dentária seja necessária. Além disso, existem alguns remédios que podem causar efeitos adversos na boca. Como o aparecimento de defeitos no dente ou lesões na gengiva, língua e demais mucosas.

Uma pessoa que tem convulsões, ou que tenha dificuldade em se acomodar e permanecer por muito tempo na posição deitado, ou em uma cadeira odontológica é um paciente que deve ser atendido por um profissional que saiba se adequar e esteja preparado para manejar essas situações.

O Cirurgião-Dentista que atende pacientes especiais é aquele que vai adequar os tratamentos odontológicos conforme a disponibilidade física e emocional do paciente, com todas as precauções necessárias, preservando a sua saúde geral.

Quando é necessário procurar um Cirurgião-Dentista capacitado em Odontologia para Pacientes com Necessidades especiais?

Quando o paciente se encaixa em algum dos critérios que relatamos acima.

Além disso, é recomendado a procura pela Odontologia para Pacientes Especiais em casos onde o paciente teve dificuldades ao ser submetido ao atendimento odontológico convencional.

Ou seja, em casos que o paciente apresente alguma doença ou alteração sistêmica, precisando de um cuidado especial e diferenciado durante o atendimento odontológico.